Print Friendly, PDF & Email

Como combater a Osteoporose com Exercício Físico

Sabia que é possível obter melhoras do quadro de osteoporose através de atividade física?

A osteoporose é um mal que acomete um grande número de pessoas e afeta diretamente suas qualidades de vida. A crescente fraqueza nos ossos e o aumento do risco de fraturas torna-se um fator limitante para a vida de qualquer pessoa, de um modo geral. Atividades simples como descer uma escada passa a ser um fator de alto risco de lesão e o cuidado precisa ser redobrado.

A osteoporose possui, basicamente, duas variações: uma causada por fatores genéticos – este tipo afeta pessoas de todas as idades – e a outra que é desenvolvida com o tempo, mais comumente a partir dos 45 anos, tanto por hábitos alimentares pobres em cálcio, desnutrição, após algum trauma (acidente, cirurgia ou determinados tipos de doenças) e por um estilo de vida baseado em sedentarismo. Para as pessoas que não possuem a doença, é válido buscar evitar os fatores que a desencadeiam.

Qualidade de vida, função dos membros e movimentação – é permitido fazer exercícios?

A ocorrência de osteoporose não necessariamente afeta a mobilidade e a função dos membros do organismo de uma pessoa. Afinal, o quadro todo precisa ser analisado – idade, a ocorrência de outras doenças paralelas à osteoporose, o histórico médico, etc. É preciso saber o quão fraco estão os ossos para definir quais são as atividades que devem ser evitadas.

No entanto, estes cuidados não excluem a prática de atividades físicas. O exercício físico, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, é recomendado para o tratamento de diversos tipos de doenças. O exercício físico na vida de um ser humano, quando feito de forma equilibrada, sempre representará saúde e melhorias de qualidade de vida.

Assim, se você possui osteoporose, pergunte ao seu médico quais são as atividades mais recomendadas para o seu caso e comece a praticá-las tão logo estiver disponível. Você pode – e deve – se movimentar e garantir ao seu corpo uma rotina dinâmica. Lembra-se quando mencionamos os fatores que causam a osteoporose? O sedentarismo era um deles! Por isso, permanecer ou tornar-se sedentário só tende a piorar a situação como um todo.

Exercícios recomendados para pessoas que possuem osteoporose

Infelizmente, amantes das artes marciais que desenvolvem esta doença deveram deixar de lado o combate corpo a corpo. Exercícios de contato e impacto não são recomendados, uma vez que representam altos riscos de lesão óssea e também fratura. É preciso também olhar com cautela para exercícios de alta intensidade, com corridas muito velozes ou saltos.

Os exercícios mais recomendados para pessoas com osteoporose são: natação, pilates, musculação, caminhada, corrida leve, yoga, dança de salão, hidroginástica e semelhantes. É preciso pensar que você deverá fortalecer os músculos sem correr o risco de fraturar algum osso, à medida que aumenta a sua densidade óssea.

O ganho de massa magra faz com que os músculos que revestem membros e articulações tornem-se fortalecidos, evitando diversos tipos de dores e diminuindo as chances de que você se lesione em algum acidente normal, como uma queda ou um impacto um pouco mais forte em algum dos membros.

Além disso, a atividade física evitará que você desenvolva outras doenças, melhorará o funcionamento dos seus órgãos e a sua qualidade de vida, uma vez que afeta o seu sono, a autoestima, possibilita conhecer novas pessoas e se você viveu sedentário durante um longo tempo, pode representar uma drástica mudança na sua vida – para melhor, é claro!

Os exercícios físicos permitem também que você elimine calorias e gorduras. No caso da osteoporose, eliminar o excesso de peso é fundamental não só para melhorar a mobilidade e garantir uma maior consciência corporal, mas também para aliviar os membros inferiores. Quando estamos acima do peso, a sobrecarga dos membros inferiores é altamente prejudicial para os ossos, articulações, sistema circulatório, etc.

Tratamento, alimentação e cuidados indispensáveis

O tratamento para osteoporose deve ser feito através de medicamentos e suplementos alimentares e acompanhado de perto por um profissional especializado e competente. A alimentação deve ser rica em vitaminas e cálcio em doses equilibradas e com cautela para que não sobrecarregue os rins.

Todo tipo de mudança na rotina deve ser informado ao médico, para que este apresente prós e contras e decida se é ou não recomendável. Como a osteoporose pode surgir e atingir diferentes níveis, é preciso sempre consultar o médico a respeito dos tipos de atividades que estão liberadas, bem como a quantidade mínima e máxima que deve ser feita diária e semanalmente. É melhor se prevenir do que correr riscos graves de sofrer lesões por pura falta de precaução!

Atividades do cotidiano

Engana-se quem pensa que ter osteoporose significa ter que ficar parado! Muito pelo contrário. Se você possui alguns hobbies que inclui movimentação de leve a moderada, pode perfeitamente continuar fazendo.

Trabalhar no jardim de sua casa, limpar a sua piscina, brincar com filhos e netos, pintar, fazer artesanatos diversos, dançar, pescar e outras paixões podem ser mantidas sem nenhum problema. Tudo o que você precisa fazer é analisar o risco de queda, impacto e desgaste excessivo.

Porém, fazer o que gosta proporciona prazer e o prazer proporciona saúde! Algumas atividades como estas são recomendadas também por auxiliar no sentido de evitar hábitos sedentários e proporcionar fortalecimento muscular em pessoas que não podem praticar atividades físicas por algum motivo!

Nunca descarte a atividade física!

Por mais que encontremos problemas de saúde ao longo de nossas vidas, não devemos nunca descartar a prática de atividades físicas. Na maioria dos casos, elas auxiliarão o tratamento e não causarão nenhum prejuízo! Por isso, fale com o seu médico e não deixe que o sedentarismo tome conta de você.

Evite ir pelo caminho que tantas pessoas tomam: usar os problemas de saúde para justificar mera indisposição! Um corpo fortalecido e saudável não deixa muitas brechas para a entrada de doenças, por isso, se blinde! Atividade física faz bem, dá prazer e ainda permite que você leve a vida com saúde, retardando o envelhecimento e diminuindo o impacto que os males oriundos do nosso estilo de vida nos afete!

Comments

comments

Share This