Print Friendly, PDF & Email

Personal Trainer Para Terceira Idade

Conheça a importância de praticar atividades físicas na terceira idade e porque é necessário contar com profissionais especializados

O estereótipo de vovós e vovôs que passam os dias quietinhos já não aguenta mais a revolução que os adultos idosos vêm fazendo em seus próprios hábitos. Aquela velha história de que após os 45, com os filhos criados e a aposentadoria chegando o sossego reinará mostra-se ser, mais do que nunca, um tanto controversa. Afinal, há algo pior do que passar dias e noites sem fazer nenhuma atividade interessante?

Independente da idade, precisamos de algo que nos move, nos instiga a sair da cama todos os dias com vontade! E nada melhor para descobrir coisas novas do que na terceira idade! Aposentadoria no banco, sim. Filhos criados, melhor ainda. Mas nada de quietude! Senhoras e senhores do mundo inteiro têm provado por A + B que o corpo humano foi feito para resistir por muito, muito tempo. E mais: com saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Como retardar o envelhecimento?

Não há como você parar ou reverter o processo de envelhecimento natural do seu corpo. Afinal, envelhecer também é saúde e faz parte da natureza de todas as espécies! Porém, as pessoas têm cultivado hábitos extremamente nocivos, que aceleram muito o processo natural de envelhecimento. E isso pode ser visto e sentido na pele, nos cabelos, nos ossos, nos órgãos e nos resultados dos exames, sempre seguidos por uma bronca do doutor encarregado de fazer alguma proeza para que os danos de anos de sedentarismo não sejam os piores.

Por isso, para não acelerar o envelhecimento, é importante que você cultive hábitos saudáveis. Manter uma dieta equilibrada, praticar exercícios regularmente, evitar excessos de álcool, evitar o cigarro, evitar ingerir substâncias cancerígenas (refrigerante e embutidos) já seria um grande passo.

Fui sedentário a vida inteira. E agora?

Se você foi sedentário a vida toda e não apresenta nenhuma doença ou limitação, não há porque esperar mais! Mas se acaso você passou por cirurgias, teve ou tem algum tipo de doença que deixou sequelas ou mesmo sente dores musculares, como é bastante comum à medida que se envelhece (especialmente entre os sedentários), ou apresenta uma condição que exige atenção especial, você pode iniciar algum tipo de atividade física. Mas é importante que conte com a assistência de um profissional de educação física especializado em envelhecimento. Ele garantirá que você não sobrecarregue suas articulações e que fortaleça os músculos corretos.

Caso contrário, a atividade física pode oferecer alguns riscos. Não é difícil encontrar academias e profissionais com experiência, conhecimento e especialização em envelhecimento. Você pode optar por turmas de sua faixa etária ou por treinos específicos que se encaixem em suas condições. Em todo caso, ter tido alguma lesão ou exigir cuidados especiais não significa que você não possa se exercitar!

Tome cuidado ao se exercitar por conta própria!

Exercícios por conta própria é um assunto realmente complicado de ser discutido e isso acontece porque não há “certo” e “errado”! É preciso fazer uso do bom senso e do que é mais conveniente para a sua saúde, contando com a ajuda ou, pelo menos, a opinião de profissionais. Pessoas de qualquer idade podem se machucar ou agravar problemas já existentes fazendo atividade física da maneira errada.

A coluna e os joelhos geralmente são os que mais sofrem com isso! Por isso, para não correr o risco de fazer treinos ineficientes ou prejudiciais à saúde, é recomendável o acompanhamento de alguém especializado no assunto. É importante destacar que isso é válido para exercícios funcionais, musculação, corrida e outros de intensidade média a alta. Sair para fazer uma boa caminhada, fazer alguns movimentos na piscina e dança leve dificilmente causarão algum problema.

Personal trainer para a terceira idade

Há pessoas que duvidam da eficiência de um profissional como o personal trainer. Muitos acreditam que pesquisar alguns treinos na internet ou se informar com aquele amigo que malha há muito tempo já está de bom tamanho para iniciar a vida fisicamente ativa. Se você possui condições financeiras para contratar um profissional como este, pode estar certo de que não há em lugar nenhum uma academia, dica ou treino que lhe trará resultados melhores do que aqueles que o seu personal trainer pode garantir, desde que estejamos falando de um bom profissional, é claro!

Em primeiro lugar, qualquer pessoa que contrate um personal trainer eficiente terá um treino focado naquilo que objetiva. Ou seja, se você quer emagrecer, não perderá tempo trabalhando hipertrofia. Se quer hipertrofiar, não perderá tempo com gasto calórico. Se deseja fortalecer os músculos que protegem as articulações, não correrá o risco de lesioná-los! O personal trainer fará um treino programado para o seu caso, baseado no seu histórico e considerando todas as suas particularidades.

Por isso, se você já passou dos quarenta e cinco anos e viveu muito tempo no sedentarismo ou sofre com algum tipo de dor, lesão ou sequela, precisa tomar cuidados especiais na hora de se exercitar. Só para ressaltar: nada disso significa que você não possa se exercitar, por isso não vale usar como desculpa! Só vale deixar os exercícios de lado se o médico de fato lhe proibir de praticar atividade física.

Se você já está na terceira idade e quer ser acompanhado por um personal trainer, é ideal que ele seja especializado e possua experiência em treinar pessoas que estão na sua faixa etária. Você é livre para escolher o profissional que quiser, mas não acha que os resultados que você deseja alcançar estão mais próximos de você com a ajuda de alguém que provavelmente já sabe do que você precisa?

Academias para a terceira idade

Quando a população muda alguma coisa, a economia também precisa mudar para atendê-la. Por isso, academias especializadas em treinos para a terceira idade estão abrindo suas portas em todo mundo, buscando suprir a grande demanda de pessoas dessa faixa etária que se exercitam mas não possuem profissionais especializados em um ambiente para acompanhá-los. Não se trata de segregar pessoas por idade, mas sim por objetivo! Há academias somente de mulheres, outras focadas em treinos funcionais, há também aquelas que possuem clientes mais experientes e que não exigem e nem mesmo gostam de muito acompanhamento. E agora, também há as academias para a terceira idade! E por que não?

Acredito ser equivocado afirmar somente que os idosos resolveram ser “mais ativos”. O sedentarismo é questionado e combatido pelos profissionais da educação física desde a década de oitenta! As pessoas resolveram ser mais ativas de um modo geral. Se deram conta de que é preciso cultivar a saúde durante a juventude para envelhecer com o bem-estar garantido. A terceira idade percebeu que idade não é documento e que poderiam acompanhar estas novas tendências tão bem quanto pessoas de qualquer outra idade, inclusive as mais jovens. Com o passar do tempo, os jovens da “geração saúde” também envelheceram, provando a todos que os limites do corpo estavam muito além do que se acreditava.

O que sente alguém que pratica atividade física?

O sentimento de alguém na terceira idade que pratica atividade física é muito semelhante ao de uma pessoa que deixa de lado o sedentarismo, de modo que a idade torna-se irrelevante. As diferenças mais notáveis são que na terceira idade, o benefício da atividade física é muito maior, já que blinda o indivíduo de diversos males que acometem pessoas mais jovens em frequência menor.

É também o que afirma Joana dos Santos Reis, de 59 anos. Joana começou a praticar atividades físicas aos 55 anos, quando sentia na coluna uma dor que dois médicos não souberam identificar. Joana estava acima do peso, medindo 1,57 e pesando 64 quilos. Tinha uma alimentação desregrada e “comia quando dava vontade”. Não se exercitava a não ser para fazer serviços domésticos em sua própria residência e adorava passar os fins de semana assistindo a toda a programação da TV.  Joana resolveu mudar de vida quando abriu uma academia na rua de sua casa. Por curiosidade, informou- se sobre os horários e valores e descobriu que havia diversos horários direcionados a pessoas de sua faixa etária. Depois de dois meses dando desculpas para si mesma, Joana participou de uma aula experimental:

“ No começo me senti um pouco cansada. Achei que não ia dar conta não! (risos) Mas depois, vi que a turma toda estava se esforçando e que ali ninguém era melhor que ninguém. Me concentrei para fazer os movimentos que a professora passava, era uma aula de dança, de sh’bam. Quando voltei andando para casa, me senti muito feliz, realizada mesmo por ter dado conta de fazer exercício.

Lá na academia eles tem nutricionista pra gente, e também personal e fisioterapeuta. Fiquei animada e consultei todos! Perdi 9 quilos ao todo, conheci pessoas que caminham juntas nas ruas da minha cidade e hoje participo das caminhadas e até de algumas corridas. Minha dor na coluna, que era companheira há muitos anos, sumiu nos primeiros seis meses de atividade. Não sei porque sumiu, mas gostei do resultado! (risos). Hoje durmo melhor, me alimento com consciência e sinto que posso fazer qualquer coisa que pessoas mais jovens façam no dia a dia! É como se eu tivesse entrado na fonte da juventude!”

Por que um personal trainer deveria se especializar em envelhecimento e sedentarismo?

Um dos motivos já foi dado: a demanda é grande! O que não falta pelo país e pelo mundo são pessoas em busca de mais qualidade de vida e saúde, especialmente na terceira idade. Portanto, é uma área fértil e interessante de se trabalhar. Além disso, a especialização em qualquer área é fundamental para agregar valor ao trabalho do profissional. Por esta razão, um personal trainer com público definido e com diversos cursos na área em que escolheu já possui mais credibilidade do que os que não definiram um público com o qual desejam trabalhar.

Isso se explica pelo fato de que profissionais especializados em um assunto geralmente possuem um conhecimento muito mais profundo do que aqueles que se mantém a nível geral. Não há como você saber muito sobre tudo, mas há como saber muito sobre um determinado assunto! Assim, é vantajoso que o personal se especialize e mais vantajoso ainda que esta especialização seja em uma área na qual há grande demanda. Por que não fazer da terceira idade o seu público?

Para prestar um bom trabalho, é essencial, porém, que se estude e que se aventure nesta área específica do conhecimento para dominá-la o máximo possível. Não é interessante captar clientes sem ter confiança no próprio trabalho! Isso poderá colocar em risco a segurança deles e também a credibilidade do profissional no mercado de trabalho!

Por esta razão, o personal trainer para a terceira idade precisa ter grande foco em sua carreira, de modo a passar toda a confiança e segurança que o cliente precisa para se entregar aos treinos! Cada tipo de cliente possui um perfil e uma maneira peculiar de tratamento e você deve saber exatamente como lidar com os seus clientes de maneira a fazer com que confiem e acreditem no seu potencial e também no deles!

Todo profissional que quer alavancar a sua carreira deve apostar naquilo que está em uso ou mesmo nas tendências que mais têm crescido. Embora não seja simples para um personal trainer aplicar algumas importantes estratégias da economia em seu próprio trabalho, ter esta capacidade certamente abrirá entre ele e os concorrentes uma larga vantagem! Por outro lado, não é difícil entender qual é a necessidade de um público e o modo como este público vem se comportando ultimamente.

A partir do momento que você percebe que pessoas da terceira idade estão cada vez mais ativas e buscando melhorar ainda mais o seu desempenho, bem como retardar o processo de envelhecimento, por que não ser o aliado destas pessoas em busca dos seus objetivos? Afinal de contas, um personal trainer também é um promotor de saúde, o que por si só já é extremamente gratificante!

Se você é uma pessoa que se preocupa com sua saúde e quer uma solução para alcançar um envelhecimento bem sucedido, clique aqui e conheça o treinamento Guia Prático Para Uma Vida Mais Ativa e Saudável.

Se você é um profissional e quer tornar-se um especialista em atender o público idoso, entender o que é atendimento gerontológico e como aplicar esse conhecimento de modo a alcançar um futuro saudável para seu cliente, clique aqui.

Comments

comments

Share This