Print Friendly, PDF & Email

Atividade Física Diária

É preciso fazer atividades físicas todos os dias?

Quando falamos em “zona de conforto” não queremos dizer necessariamente conforto físico.  A zona de conforto se refere a tudo aquilo ao qual você já está acostumado e precisa de algum esforço para transformar no caso de que esses costumes sejam prejudiciais de algum modo. Quando está associada a problemas que devem ser revertidos, a zona de conforto é um silencioso obstáculo entre você e algum benefício, seja ele qual for.

A zona de conforto pode ser aplicada totalmente ao sedentarismo. Não é raro que as pessoas criem hábitos de não praticar atividades físicas, não equilibrar a alimentação e ainda cultivar alguns vícios nocivos, como álcool e cigarro. Embora pareçam inocentes, estes hábitos podem se transformar em sérios problemas de saúde ao longo da vida.

Por que as pessoas têm a tendência de cultivar hábitos nocivos?

Certamente não se trata de uma tendência natural do ser humano e sim de uma questão cultural. Lidamos com a falta de tempo, com um turbilhão de responsabilidades e desafios diários. Para muitas pessoas é extremamente difícil tirar tempo livre do dia e disposição para cuidar da saúde e acabam por relegá-la a segundo plano, só dando importância para o assunto quando os incômodos começam a aparecer.

Então, buscam a qualquer custo reverter o problema e isso acaba por ser muito mais difícil. Por isso, a busca pela saúde começa nos mínimos detalhes e a passos curtos. Ainda assim, é importante que se faça o possível para se livrar de hábitos prejudiciais à saúde.

Se você deseja sair do sedentarismo deve deixar prevalecer a sua força de vontade e determinação, especialmente no início. É importante pensar que o seu esforço valerá a pena pela garantia da sua saúde e bem-estar. Muitas pessoas encontram dificuldades para se adaptar a uma nova vida ativa. Outras simplesmente não gostam de se exercitar. Por isso, selecionei algumas dicas para ajudar a lidar com estes primeiros passos.

Procure uma atividade que você goste de fazer – Não há nada pior do que se sentir forçado a fazer com frequência algo que você detesta. Não há atividade física melhor do que a outra. Tudo depende do seu objetivo e da sua afinidade. Se você detesta academias fechadas e lotadas e prefere mesmo fazer uma boa caminhada, vá em frente! Certamente o seu rendimento será muito melhor e as chances de que você sabote o seu exercício serão muito menores. A hora da atividade física é o momento de se livrar do stress e não fazer com que o quadro piore.

Crie metas alcançáveis – Se você me disser que amanhã cortará tudo o que faz mal à saúde, largará a bebida e o cigarro e entrará em uma academia, posso até acreditar, mas duvido muito que se manterá firme neste propósito! São muitas coisas com as quais se acostumar da noite para o dia. As chances de que dentro de um mês você já tenha jogado tudo pro alto são enormes. Por isso, se você tem dificuldade de largar o sedentarismo, dê passos curtos. Corte aquele salgado frito no meio da manhã. Beba menos refrigerante. Comece uma atividade de baixa intensidade. Aos poucos você conseguirá ir muito mais longe!

Nada de exageros – Muitas pessoas acreditam que não há recompensa sem sacrifício. É uma crença que possui algumas controvérsias quando falamos de atividade física. O que é sacrifício para você? É superar os seus limites? É se privar daquilo que mais gosta? É se exercitar sentindo dor ou mal estar?

Atividade física não deve ser vista como um sacrifício. É um hábito que você deve buscar para que se sinta bem e não o contrário! Por isso, nada de exageros. Não há necessidade de que você comece se exercitando por longas horas, que chegue à exaustão ou que sinta dor. Respeite o seu corpo! Ele levará um tempo para se adaptar. O objetivo é que durante este tempo você tome gosto pelos exercícios e se acostume com eles na sua rotina.

Atividade física diária é benéfica?

Há muito debate entre os profissionais de educação física sobre este assunto. No entanto, a maioria deles concorda que não há necessidade ou vantagem em atividades físicas diárias para quem não está habituado a se exercitar. O seu corpo precisa de descanso! Por isso, se você se exercita três vezes por semana (no mínimo!) já pode se considerar fisicamente ativo.

A atividade física diária é recomendada para atletas e por pessoas que levam a vida esportiva mais a sério e precisam de manter o rendimento em um nível mais alto. Se o seu objetivo é simplesmente cuidar da saúde e manter uma silhueta atraente, não é necessário se exercitar todos os dias.

Se acaso você passar a gostar muito dos exercícios e quiser praticá-los todos os dias, vá com calma. Considere o tipo de atividade física, pois se for de alta intensidade como uma corrida, por exemplo, é viável que você intercale com uma atividade de baixa intensidade, como a caminhada, pedaladas leves e hidroginástica. É importante que você não tente se superar a cada dia. O seu maior desafio será manter a constância, nada mais. Além disso, profissionais de educação física recomendam que se tire um dia da semana para que o corpo descanse, no qual nenhuma atividade física deverá ser realizada.

Respondendo a pergunta de forma direta: atividade física diária pode ser benéfica, a depender do modo como você a pratica e do seu objetivo e não é recomendada para pessoas que estão abandonando o sedentarismo. O corpo pode levar meses para se adaptar à nova rotina de exercícios e é essencial que você não o sobrecarregue.

Não se esqueça do alongamento e do aquecimento antes de começar qualquer exercício. Ao tomar esses cuidados, a tendência é que você se acostume rapidamente a praticar exercícios, tomando gosto e desfrutando do bem-estar que proporcionam. E o melhor de tudo: você verá logo que ter uma vida fisicamente ativa é muito mais fácil do que você imaginava!

Comments

comments

Share This