Print Friendly, PDF & Email

Como tornar-se um ex-sedentário

Como se sente um ex-sedentário?

Como se sente um sedentário a maioria das pessoas deve saber. Todas as pessoas provavelmente já tiveram um período de sedentarismo, por menor que tenha sido. Curtir preguiça no sofá, passar o fim de semana vendo filmes ou tomando uma cerveja, chegar do trabalho e logo relaxar. Tudo isso parece muito bom, certo?

Mas não seríamos verdadeiros se parássemos por aí. Além de todas as vantagens de curtir aquela preguiça “sem culpa”, quem opta pelo sedentarismo traz mais algumas coisas na bagagem. Entre elas, podemos citar também aquela fadiga monstruosa na hora de subir alguns degraus em qualquer lugar, incluindo a imensa tristeza quando a escada rolante do shopping não funciona.

A dor nas costas por, pelo menos, dois dias ao carregar um pouco de peso quando é preciso; o constrangimento ao abotoar aquela calça que você gosta e perceber que ela te aperta a cada dia mais; o medo de ir ao médico pegar o resultado dos exames e ele dizer que você tem alguma coisa muito grave. As dores inexplicáveis, o corpo envelhecendo cada vez mais rápido. Pensar que o tempo é implacável e injusto demais com você. Parece exagero? Infelizmente, meu amigo, isso está muito longe de ser um exagero.

A verdade é que muitas pessoas encontram prazer no sedentarismo. É uma zona de conforto na qual você pode passar grande parte dos seus dias. O sedentarismo não exige nada, apenas que você permaneça quietinho, exatamente onde está, perdendo uma terrível e silenciosa batalha contra si mesmo, na qual a sua saúde é a primeira a cair. Por isso, tenha em mente uma coisa importante: quando estiver deitado em uma linda tarde da qual você poderia tirar uma horinha para uma boa caminhada, você deve se sentir culpado, e muito! No entanto, a certeza de que você usou o seu tempo da maneira errada só começará a aparecer em um breve futuro, quando os problemas baterem em sua porta.

Sobre ser ex-sedentário

Para ser fisicamente saudável é preciso fazer atividades físicas. Você pode se alimentar muito bem, mas o seu corpo também precisa dos exercícios. Não pense que só porque você acha que se alimenta de forma saudável e se considera uma pessoa “magra” que está livre dos problemas causados pelo sedentarismo. Embora a alimentação equilibrada seja fundamental para se ter saúde, não garante o fortalecimento dos músculos, ossos e órgãos que você consegue ao se exercitar.

Certamente, você já ouviu vários profissionais da saúde batendo na tecla da atividade física e sabe que diversos estudos apontam que o envelhecimento saudável depende dela. Mas qual é o sentimento de alguém que realmente começou a praticar exercícios? Vamos listar aqui algumas sensações que você certamente terá tão logo decidir abandonar o sedentarismo e optar pela saúde.

Conforto com a própria silhueta

Roupas apertando a cintura, as pernas, as costas e braços são desconfortáveis e causam certo constrangimento em muitas pessoas. Os “quilinhos a mais” sempre ficam evidentes quando você tenta entrar onde não cabe. Algumas pessoas que vivem em uma condição de sedentarismo conseguem manter o próprio peso, mas não são todas. Imagine que se você exagerar algumas vezes nos alimentos gordurosos ou açucarados as calorias extras não terão para onde ir, já que você não se exercita.

Ao começar a praticar exercícios, o peso extra que você carrega será o primeiro a desaparecer, e isso refletirá na sua silhueta. O desconforto que você sente ao amarrar os sapatos ou mesmo a falta de mobilidade para fazer qualquer atividade (mesmo que não seja uma atividade física propriamente dita) desaparecerão. A sensação de que os seus pés estão “mais leves” te acompanhará assim que você conseguir eliminar da balança alguns quilos que não deveriam estar ali!

Dores

Um sedentário adquire dores que não consegue explicar de onde surgiram. As mais comuns são nas costas, pescoço e pernas. Ao praticar atividade física, o organismo se mexe, permitindo que o sangue circule, os músculos se alonguem e que o oxigênio percorra todo o corpo da maneira correta. Por isso, outro alívio do qual um ex-sedentário pode desfrutar é o alívio de dores já tidas como crônicas. Elas desaparecerão da mesma forma que surgiram: sem motivo “aparente”!

A Mente

Um ex-sedentário poderá ser sinônimo de um ex-estressado! Toda a energia que você acumula durante todo o dia em forma de raiva, ansiedade e impaciência pode ser jogada pelo ralo quando você pratica uma hora de caminhada ou corrida. Na hora do exercício, você precisa se desligar de tudo e se concentrar no que está fazendo.

Em muitos casos, mesmo que você não queira, certamente se distrairá ao ver coisas novas, que tiram a sua mente dos problemas do dia a dia. Sem falar nos hormônios de alegria e bem-estar que o seu corpo libera durante as atividades! O resultado disso tudo é que você chegará em casa de cabeça fria, pronto para pensar de forma mais racional na solução do que ficou para o dia seguinte!

Órgãos

Ao deixar de ser sedentário, você permite que seus órgãos trabalhem mais e da maneira que melhor beneficia o seu organismo. O fortalecimento dos órgãos, especialmente coração e pulmão, são fundamentais para garantir uma boa saúde. Pessoas que praticam atividade física dificilmente desenvolverão problemas que incluem a falência desses órgãos. Por isso, mesmo nos dias que você achar que não terá um bom desempenho, exercite-se mesmo assim! Os seus órgãos agradecem.

Mudança

Todas essas mudanças parecem muito melhor do que os pequenos prazeres do sedentarismo que citamos no início do artigo, certo? Se você parar para pensar, a sua saúde e bem-estar vale muito mais do que alguns pequenos prazeres passageiros. Um indivíduo saudável encontra prazer na maioria das coisas que faz simplesmente pelo fato de estar em paz com o próprio corpo! Se não acredita, sinta você mesmo a mudança!

Que tal tornar-se  um ex-sedentário? Você pode começar a qualquer momento e desfrutar de todos os benefícios que a boa saúde nos traz. Escolha aquela que você mais gosta e observe as mudanças que o seu corpo sofrerá. Certamente o sedentarismo nunca mais será uma opção para você!

 

Comments

comments

Share This