Print Friendly, PDF & Email

Muito se fala sobre a importância da prática de atividades físicas regulares para pessoas de todas as idades. Médicos, estudiosos e especialistas do ramo da educação física, nutricionistas e a maioria dos profissionais da saúde recomendam. Mas será que todo este alarde a respeito da prática de exercícios tem sentido? Não será um exagero por parte destes profissionais ou até mesmo um genial golpe de marketing para que a indústria esportiva possa aumentar suas vendas? Será que praticar exercícios regulares faz diferença no dia a dia das pessoas?

A resposta para esta pergunta é muito simples: definitivamente sim. Se você ainda não acredita em todos os benefícios de uma rotina fisicamente ativa, é importante que passe a considerar ou ao menos buscar depoimentos de pessoas que eram sedentárias e resolveram mudar seus hábitos, analisando quais as diferenças que estas pessoas afirmam notar. Todo o alarde em torno da conscientização pelas “rotinas saudáveis” certamente tem fundamento, caso contrário, não seria unanimidade entre profissionais sérios, que recomendam a seus pacientes que façam pelo menos uma caminhada leve, regularmente.

Em muitos casos, os médicos utilizam a prática de atividades físicas como reestabelecimento da saúde de um paciente após uma grave doença ou até mesmo como prevenção. Atualmente, há várias academias focadas em medicina preventiva. Há mais ou menos duas décadas foi disseminada a ideia de que prevenir doenças é muito mais conveniente do que tratá-las depois, tanto para os médicos quanto para os próprios pacientes, que, dependendo das más condições de saúde por anos de negligência de hábitos, se encontram em quadros incuráveis. Veja a seguir alguns exemplos de doenças que você pode evitar só através da prática de exercícios físicos e uma alimentação sem excessos:

Problemas respiratórios
Muitos problemas respiratórios são genéticos, outros se dão através de vícios como o cigarro ou da poluição das grandes cidades. Independente da causa, as atividades físicas atuam no sentido de atenuar a insuficiência respiratória e fortalecer os órgãos envolvidos no sistema respiratório, tornando mais difícil que se desenvolva qualquer problema relacionado.

Osteoporose
Ainda que muitas pessoas não saibam, a osteoporose não é evitada apenas ingerindo grandes quantidades de alimentos ricos em cálcio. Os ossos possuem uma estrutura rígida em seu exterior, e gelatinosa em seu interior. Esta estrutura pode se enfraquecer ao longo do tempo e trazer graves quadros de osteoporose. As atividades físicas permitem que os ossos se fortaleçam, impedindo seu enfraquecimento e possíveis fraturas, mesmo na velhice.

Problemas circulatórios
Durante as atividades físicas haverá um aumento dos batimentos do coração, consequentemente aumentando a troca sanguínea e a circulação de sangue no corpo. Veias entupidas dificilmente se desenvolvem gravemente em pessoas que praticam exercícios. Muitas doenças vasculares podem ser, portanto, evitadas. De acordo com o médico especialista em fisiologia esportiva e do exercício, Benjamin Apter, qualquer obstáculo durante a circulação de sangue durante as atividades leva o corpo a criar novas veias e artérias, o que é benéfico. Outro incômodo problema circulatório que pode ser evitado com as atividades físicas é o aparecimento de varizes, especialmente nas mulheres.

Problemas do coração
Muito relacionado com o tópico anterior, os problemas do coração podem ser causados por problemas vasculares. As atividades físicas exigem que o coração se fortaleça, evitando problemas como hipertensão e pressão alta. Para pessoas que já possuem problemas graves no coração, é essencial consultar o seu médico antes de iniciar qualquer atividade física. Também recomenda-se o uso de frequencímetros, que avisam em forma de alarme quando os seus batimentos estiverem além do recomendado pelo médico.

Obesidade
Toda atividade física tem gasto calórico, o que é peça chave para combater a obesidade. Embora a alimentação também seja fator definitivo para combater este mal, as atividades físicas são um aliado indispensável. A obesidade pode acarretar diversas outras doenças, inclusive o câncer. Portanto é importante se atentar ao excesso de peso e de massa ao redor da cintura, especialmente. Se estiver além do normal, não pense duas vezes e procure um exercício para reduzir o seu peso.

Ansiedade e Insônia
Males psicológicos são males como qualquer outro e é importante combatê-los para que se tenha qualidade de vida. A ansiedade e a insônia podem causar males físicos, especialmente em órgãos como o estômago, sem mencionar os maus hábitos que podem advir de ambas. As atividades físicas permitem que se relaxe a mente e se gaste energia que se acumula durante o sedentarismo e que atrapalha o sono e as atividades diárias. As atividades físicas são, comumente, válvulas de escape para diversos distúrbios psicológicos, e a ansiedade é o principal deles.

Diabetes
À medida que o tempo passa e as pessoas se tornam sedentárias, há um aumento do IMC – Índice de Massa Corporal, que faz com que o corpo se torne mais resistente à insulina e viabilizando o aparecimento de diabetes. Todas as doenças citadas são consideradas graves, podendo levar à morte ou pelo menos à uma diminuição no bem-estar. Não há necessidade de ter que lidar com médicos, remédios caros e tratamentos invasivos quando se atinge a meia idade – que é quando os excessos da juventude e a negligência com a saúde começam a cobrar seu preço – ou ter uma velhice marcada por doenças.

Ser idoso não significa ser doente! Atualmente é muito comum ver pessoas idosas correndo em parques, participando de maratonas, se entregando a esportes radicais, frequentando academias e clubes com saúde e disposição que muitos jovens não possuem há muito. O corpo exige que se utilize o seu potencial. Somos feitos de ossos e músculos prontos para trazer bem-estar, visto que a prática esportiva libera ocitocina e endorfina no organismo, que são hormônios responsáveis pela sensação de prazer e satisfação.

Portanto, comece hoje ou amanhã, mas apenas comece. Não há necessidade de que você dedique várias horas do seu dia ou vários dias da semana. Uma hora diária em 3 dias de atividade por semana já farão uma enorme diferença na sua vida.  Procure uma atividade que te proporcione prazer, seja ela qual for. A única certeza que você pode ter é que o sedentarismo nunca foi benfeitor para ninguém.

Comece seu programa de atividade física com um especialista com 20 anos de atuação no mercado: Marco Lopes

Gostou desse conteúdo? Então clique aqui e conheça o guia prático que irá te ajudar a evoluir no caminho para uma vida mais ativa e saudável.

Comments

comments

Share This