Print Friendly, PDF & Email

Exercícios para Emagrecer que Podem ser Feitos em Casa

Não sobrou dinheiro no fim do mês? Saiba quais são os melhores exercícios para emagrecer que podem ser feitos em casa!

Sempre recomendamos que as pessoas que estão em uma condição de sedentarismo há muito tempo comecem com exercícios mais leves como caminhada ou procurem a ajuda de instrutores de academia ou personais trainer. É muito mais interessante contar com a ajuda de um profissional neste início para que você evite os riscos de lesionar o seu corpo de alguma forma.

A ajuda profissional é muito importante. Corrige a postura, adapta a respiração e indica com a maior precisão possível a carga de exercício que deve ser feita, bem como a intensidade, o tempo e a frequência do treino. Mas convenhamos: nem todas as pessoas possuem a disponibilidade de tempo e financeira para ter este atendimento, que infelizmente acaba por ser um privilégio de pessoas mais abastadas ou que desfrutam de descontos através de planos de saúde ou benefícios sociais.

Vamos imaginar então que você mora muito longe de uma academia, parque (ou pista de caminhada) ou que não tem dinheiro para a mensalidade da academia mais próxima. O que fazer? Em primeiro lugar, saiba que isso não é motivo o suficiente para você continuar sedentário.

Na hora de pensar em opções de exercícios, é importante lembrar que para fazê-los em casa, você precisa tomar alguns cuidados importantes. Primeiramente: fazer coisas que exigem muita técnica em casa pode ser bastante arriscado. Há treinos funcionais que são difíceis de serem feitos da maneira correta, podendo acarretar o risco de lesões na coluna, pescoço e membros.

Por isso, considere sempre as opções mais simples para que você não se machuque. Se já fez algum exercício, procure um treino semelhante a ele. Isso trará menos dificuldades e uma maior tendência a continuar praticando. Mas se você nunca praticou nenhum exercício a ponto de dominar a sua técnica, confira algumas dicas de exercícios para emagrecer e tonificar os músculos que você pode fazer em casa!

Pular corda – quem nunca pulou corda quando era criança? Você pode comprar uma corda própria para atividades físicas ou utilizar uma corda comum, que tenha peso suficiente para que você a conduza ao redor do seu corpo. Não há necessidade de que você faça como os lutadores e atletas experientes e pule rapidamente.

Comece tentando sincronizar o seu corpo com a corda, com movimentos leves, com ambos os pés. Lembre-se de utilizar tênis e roupas confortáveis para que você transpire à vontade! Faça intervalos de um minuto quando sentir necessidade. Comece com metas possíveis, como 15 minutos ao dia, por exemplo.

Musculação com halteres – este exercício vale para quem já tem experiência com academias de musculação e já foi instruído por um profissional. Você pode comprar halteres de pesos diversos em lojas esportivas e praticar exercícios para todo o corpo estando em casa. Procure dicas na internet para intercalar os treinos semanais, procure manter a postura ereta e os joelhos flexionados durante os exercícios para a parte superior do corpo (braços, peito, costas, ombros, etc.).

Treinos funcionais – flexões, abdominais, agachamentos (sem peso), exercícios com elevação de pernas para músculos posteriores também são uma excelente opção. Por exigir um pouco mais de técnica, também são recomendados para quem já praticou alguma vez na vida com algum acompanhamento.

Você pode fazer vários exercícios utilizando caixotes, barras e o peso do seu próprio corpo. Sempre há a possibilidade de você tirar dúvidas através da internet ou de algum profissional de educação física que conheça. É importante lembrar que este tipo de treino possui níveis variados e é importante que você tenha cuidado e faça somente os que se sente mais seguro para tanto.

Alongamento – é fácil encontrar modelos de alongamento na internet, em academias particulares e também nas famosas academias públicas, em parques e pistas de caminhada. Alongar-se elimina dores musculares diversas, confere à estrutura muscular maior flexibilidade e disposição. Há alongamentos para todo o corpo que você pode fazer com frequência, aproveitando o tempo para relaxar a mente e se livrar do stress.

Cama elástica (trampolim individual) – já ouviu falar das aulas de body jump que são feitas em uma cama elástica? Você pode adquirir uma destas e praticar o exercício em casa. Pode encontrar diversos vídeos na internet com saltos alternados, ligar uma música animada e queimar muitas calorias. Se você já praticou essa aula, será ainda muito mais fácil de praticar este exercício e encontrar nele prazer.

Esteira e bicicleta – se você acha que não pode arcar com a mensalidade de uma academia mas pode fazer um investimento único em um desses aparelhos, saiba que são ótimas opções para que você se exercite em casa. Há diversos aparelhos aeróbicos, mas os mais acessíveis e fáceis de se praticar são esteira e bicicleta ergométrica. É importante que você compre de fornecedores confiáveis e que prestem a devida assistência técnica nos seus aparelhos, com relativa frequência.

Você pode colocar os aparelhos na frente de uma televisão ou mesmo perto de um aparelho de som para que seu exercício fique mais dinâmico e interessante. Comece com meia hora por dia, três vezes por semana e vá aumentando à medida que se sentir à vontade. É a sua oportunidade de caminhar, correr ou pedalar sem sair de casa e finalmente se livrar do excesso de peso e do sedentarismo. Lembre-se de se alongar antes do exercício.

Cautela é essencial!

Opções é o que não faltam. Você é livre para escolher outras atividades que julgar convenientes para fazer em casa ou que já tenha feito com instrução de profissionais e que se sinta livre para fazer sozinho. Mas é importante tomar alguns cuidados. Os exercícios em casa não te isentam da necessidade de se aquecer, se alongar e não pegar muito pesado logo nos primeiros dias.

Tenha calma e siga os treinos com a mesma disciplina que seguiria caso estivesse em uma academia. Se sentir algum desconforto ou dor, pare imediatamente e procure informações com profissionais da educação física conhecidos ou que trabalham perto de você. Se você possui alguma doença, consulte o seu médico antes de praticar qualquer atividade física.

Quer minha ajuda profissional para começar hoje mesmo a praticar atividade física? Conheça o meu treinamento para sair do zero, começar a praticar atividade física e não parar mais.

Comments

comments

Share This