Print Friendly, PDF & Email

Quedas levam 65% dos pacientes a ficarem internados por conta das fraturas.

Você já parou para pensar o que leva a maioria dos idosos a serem internados? Se você disse as quedas, acertou em cheio! O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia divulgou uma pesquisa que revelou que 65% das internações por fraturas são decorrentes das quedas. 

O Instituto ouviu 1.034 pacientes e descobriu que 53% dos internados tinham mais de 60 anos, sendo que 63% deles eram mulheres. Sim, as mulheres são as campeãs de internação por quedas e o principal responsável pelas fraturas é a osteoporose. A osteoporose deixa os ossos fracos, que se quebram mais facilmente. Como consequência, a pessoa pode sofrer diversas quedas ao caminhar na rua, por exemplo. Pois é…o osso fica tão frágil que as quedas são inevitáveis. 

Para não “visitar” o hospital com tanta frequência e, principalmente, fugir das fraturas por quedas é importantíssimo fortalecer a musculatura. E sinto em lhe dizer, mas isso só é possível com a prática constante de atividade física. 

Mas antes de sair correndo e puxar ferro, converse com o seu médio. Além disso, é fundamental procurar um profissional especializado para não se machucar ainda mais. 

Saiba mais… 

Segundo o Instituto, os principais fatores que levam à queda são: 

  • Doenças que afetam a visão;
  • Ambientes com pouca iluminação;
  • Pisos escorregadios;
  • Escadas sem corrimão;
  • Cadeiras, camas e vasos sanitários muito baixos e sem barra de apoio;
  • Obstáculos no caminho (móveis baixos, fios no chão, tapetes etc.). 

Já as recomendações para evitar o risco de quedas na rua são: 

  • Prestar atenção ao andar em lugares novos;
  • Atravessar a rua somente na faixa de pedestres;
  • Prestar atenção aos pisos das calçadas, que geralmente são irregulares.

Comments

comments

Share This