Print Friendly, PDF & Email

Você sabe o que é a osteoporose?

Importante termos uma definição bem clara a respeito dela.

Atuando de maneira metabólica e sistêmica, a osteoporose é uma doença que afeta a todos os ossos do corpo humano. Na osteoporose, o osso – que precisa passar por uma remodelação constante – perde essa capacidade de se remodelar ficando mais fraco e fino. Isso fará com que ele fique sujeito a fraturas ocasionadas pela sua limitação física que pode ter inúmeros motivos.

Estudos comprovam que as mulheres, após uma certa idade (especialmente após a menopausa) compõem o grupo mais suscetível a essa doença.  Também as questões hereditárias podem interferir nesse quesito. No entanto, importante que todos estejam atentos aos sintomas e métodos de prevenção, pois ninguém está totalmente imune a ela.

Nesse texto, montamos uma relação com os comportamentos mais comuns que você precisará evitar para não correr riscos. Importante ressaltar que, embora estejamos falando de formas de adquirir essa doença, nada é tão automático. Na verdade, são pequenos comportamentos do dia a dia que podem, de alguma maneira, lhe tornar alguém com maior risco de contrair a doença. Por isso devem ser riscados da sua lista.

 

Principais comportamentos a serem combatidos para evitar a osteoporose

 

1# – Consumir álcool em excesso

O álcool em excesso interferirá nas reservas de cálcio no corpo humano, algo que é essencial para o fortalecimento ósseo. O álcool também será um problema na missão do pâncreas na absorção de cálcio e vitamina D, o que será outro fator complicador que poderá expor a pessoa a essa doença.

Importante frisar que estamos falando do consumo em grandes quantidades e não do consumo social.

 

2# – Ignorar fatores de risco

A osteoporose é uma doença que, muitas vezes, só vai ser diagnosticada a partir do momento que já houve a lesão e as dores já estão intensas. Isso ocorre, pois ela é pouco sintomática.

Diante disso, é importante que, para preveni-la, a pessoa – principalmente o grupo que já ressaltamos de mulheres, acima dos 50, com casos na família – já vá atrás de um médico para a realização dos primeiros exames.

 

3# – Alimentação deficiente em cálcio e vitamina D

Para estar em dia com uma alimentação rica em cálcio, importante que se ingira tanto o leite como alimentos que também são feitos a base dele.

No caso da vitamina D, as verduras e também os laticínios serão de grande ajuda. Esses alimentos ajudarão a fortificar os ossos.

 

4# – Cigarro

O cigarro possui uma fumaça altamente tóxica que quando presente na corrente sanguínea, pode prejudicar o funcionamento das células osteoblásticas. Elas são as responsáveis por construir e reparar a matriz óssea.

 

5# – Sedentarismo

O indivíduo que se exercita devidamente, está menos arriscado a possuir osteoporose. Claro que, na medida em que a idade vai chegando, você deverá optar por exercícios mais apropriados. O médico poderá lhe ajudar na escolha do esporte mais indicado. De uma maneira geral, a caminhada costuma ser uma ótima escolha.

Veja também: 5 Alimentos que Contribuem para Prevenir a Osteoporose

Osteoporose | Exercícios Recomendados

 

 

Baixe Aqui seu Guia Prático Gratuito de como Cuidar da Osteoporose

Comments

comments

Share This