Print Friendly, PDF & Email

A osteoporose é uma doença muito grave e que precisa ser diagnosticada o quanto antes para que os primeiros tratamentos sejam realizados.

No entanto, de difícil diagnóstico, é importante que pacientes dentro do grupo de risco – mulheres que já passaram ou estão passando pela menopausa e aqueles que possuem casos hereditários – estejam atentos para que consigam diagnosticar antes que ocorra a ruptura do osso.

No entanto, mesmo aqueles que não fazem parte desse grupo, a qualquer dor devem se precaver, pois ninguém está imune.

Para quem não sabe do que se trata, estamos falando de uma doença que faz com que o osso perca sua capacidade de remodelação tornando-se mais fraco e fino. Esse porte fará com que o cidadão que tenha osteoporose fique mais propenso a fraturas que poderão causar dores intensas.

Nesse texto, abordaremos as principais maneiras de tratamento natural para quem sofre com esse problema. Basicamente, essa forma de remédio está ligada a alterações na alimentação com a reposição de nutrientes que são essenciais para manter o osso rígido e longe dessas tão temidas rupturas.

Vamos então a essas formas de tratamento para que você entenda como ele é realizado.

 

Terapias e demais tratamentos caseiros para a osteoporose

 

Entre os tratamentos naturais para esse tipo de doença, o mais interessante é citarmos as terapias que são realizadas suprindo aquilo que é necessário ingerir para que o funcionamento do organismo seja aprimorado.

Os exemplos dessas terapias são:

 

1# – Reposição de estrogênio

Quando a mulher passa pela menopausa, ela sofre uma baixa na produção do hormônio estrogênio que é muito produzido durante o ciclo menstrual. Dessa maneira, quando não há mais o período menstrual, a mulher passa a ter reduzida a quantidade desse hormônio.

Com isso, essa terapia visa repor essa quantidade perdida desse hormônio que é capaz de retardar a reabsorção do osso e reduzir a perda, além de também ser responsável pela fixação do cálcio nos ossos.

Mesmo não havendo indícios suficientes de que esse tratamento possa ser benéfico também na osteoporose já estabelecida, evitando o risco de fraturas, é importante frisar que, como método preventivo, essa terapia será bem eficaz para coibir fraturas vertebrais e não vertebrais.

 

2# – Suplementação de cálcio e vitamina D

Tanto o cálcio como a vitamina D são essenciais e devem fazer parte da dieta tanto daqueles que estão prevenindo a doença quanto daqueles que já estão sofrendo os efeitos dela.

Durante e após a menopausa, a produção de cálcio e vitamina D também é reduzida no corpo da mulher. Portanto, essa suplementação visa repor ao corpo os principais nutrientes para fortificar o osso e evitar lesões arriscadas.

 

Em relação aos remédios caseiros, vale citar:

 

1# – Vitamina de mamão com iogurte

Bata em um liquidificador 1 iogurte enriquecido em vitamina D, 1 fatia de 30 g de mamão picado e meio copo de suco de laranja.

Essa mistura será muito benéfica por ser rica tanto em cálcio como em vitamina D.

 

2# – Suco de caju

O caju é uma fruta rica em cálcio que auxiliará no fortalecimento do osso. Bata no liquidificador 3 cajus, 400 ml de água e açúcar mascavo como preferir.

Aproveite esses métodos e se previna da temida doença!

 

Veja também: Quais os Sintomas da Osteoporose?

 

Baixe Aqui seu Guia Prático Gratuito de como Cuidar da Osteoporose

Como cuidar da osteoporose

Comments

comments

Share This