Print Friendly, PDF & Email

Você com certeza já ouviu falar nessa doença, não é mesmo? Mas em algum momento já parou para pensar no que se trata?

Em linhas gerais, costumamos definir como o enfraquecimento dos ossos na medida em que você vai alcançando uma certa idade.

O osso, assim como qualquer outro tecido do corpo, precisa se manter de maneira saudável e, para isso, precisa da remodelação do seu estado velho para um novo. Na osteoporose, essa remodelação não ocorre da maneira que deveria. Isso fará com que eles fiquem mais fracos, finos, além de estarem sujeitos a fraturas extremamente perigosas.

Veja também: O que é Osteoporose?

Nas próximas linhas, falaremos um pouco a respeito dos principais sintomas dessa doença que indicarão a necessidade de tratamento médico de imediato. Todo cuidado para evitar a evolução da osteoporose é pouco. Portanto, fique atento a esses fatores para evitar mais problemas.

Lista com os sintomas da osteoporose

Importante frisar que estamos falando de uma doença silenciosa e que dificilmente possui sintomas muito claros.

As maneiras mais comuns de se expressar são por fraturas sem traumas, mais comumente no fêmur, coluna, colo ou mesmo no punho. Com o avanço gradativo da doença, os sintomas vão ficando um pouco mais evidentes. Entre eles estão:

1# – Diminuição da estatura com o decorrer dos anos

2# – Dores nos ossos que vão se intensificando

3# – Maior sensibilidade nos ossos

4# – Dor na região lombar por conta de fratura nos ossos da coluna vertebral

5# – Encurvamento da postura com alterações anatômicas evidentes

6# – Dores no pescoço, também motivadas pela fratura de ossos da coluna vertebral

Outras formas de diagnosticar a osteoporose

Como os sintomas não são muito claros, importante que, caso você tenha algum fator de risco para essa doença, principalmente quando estiver próximo dos 50 anos, seria interessante a procura do médico visando providenciar os exames que possam diagnosticar algum problema.

Por conta desses sintomas pouco claros e que podem demorar um tempo para se manifestar, é importante que o médico já tente dar uma analisada no quadro e faça perguntas a respeito dos hábitos alimentares, tabagismo, doenças associadas ou qualquer outro fator que possa aumentar o risco de enfraquecimento dos ossos.

Entre os exames, o principal que devemos citar é o desintometria óssea, capaz de avaliar a densidade dos ossos e músculos do corpo. Dessa forma, ele identificará quando eles estiverem muito finos ou expostos a alguma fratura.

Quando o paciente já possui a osteoporose identificada, é realizada a chamada biópsia óssea, exame que verificará a constituição do osso, servindo para analisar devidamente os motivos que estão causando a doença.

Vale ressaltar que, por tudo que falamos, é comum a pessoa sofrer a ruptura do osso antes que tenha o diagnóstico da doença. O mais importante é que o paciente não demore muito para tomar as providências a partir do descobrimento que pode vir tanto a partir da dor causada quanto por essas idas ao médico por prevenção e para realização de exames de rotina.

 

Baixe Aqui seu Guia Prático Gratuito de como Cuidar da Osteoporose

 

Comments

comments

Share This