Print Friendly, PDF & Email

A expectativa de vida do brasileiro só aumenta. Se na década de 80 a idade estimada era de 62 anos, hoje a expectativa de vida subiu para 74 anos, segundo dados do censo de 2013 divulgado pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas.

Então, deixo uma pergunta: o que mudou para que isso fosse possível? Dou uma pista… tem a ver com mexer o corpo.

Claro! A prática de exercícios na terceira idade é a maior responsável por essa longevidade. Afinal, não basta viver mais, mas sim envelhecer com saúde e disposição. 

Vantagens dos exercícios na terceira idade

Os exercícios físicos na terceira idade trazem uma série de vantagens já comprovadas e atestadas pela ciência. Eu poderia elaborar uma lista imensa com os benefícios, mas separei os principais que os exercícios trazem na terceira idade. Dentre eles, estão:

  • Maior benefício circulatório;
  • Melhor controle glicêmico;
  • Redução do peso corporal;
  • Melhora da força muscular;
  • Menor fadiga em pequenos esforços;
  • Melhor controle da pressão arterial;
  • Melhora do equilíbrio e marcha;
  • Menor dependência;
  • Melhora da autoestima.

E se eu não fizer exercícios na terceira idade?

Se você não faz nenhum tipo de exercício, é melhor correr! Com o avanço da idade, os declínios físicos vão se acumulando. Para se ter uma ideia, a partir dos 40 – 45 anos a massa muscular diminui cerca de 5% por década e vai se acentuando após os 65 anos.

Então, mexa-se não importa como! O importante é colocar o corpo e a mente para trabalharem e uma injeção de exercícios trará benefícios mais baratos e vantajosos do que aqueles que vêm dos laboratórios farmacêuticos.

Exercícios mais indicados para a terceira idade e suas restrições

Claro que ninguém vai ter a elasticidade de um ginasta ou a disposição de um maratonista. Qualquer exercício que tire a pessoa da inatividade e que seja realizado de forma segura fará com que você viva mais e melhor. Algumas sugestões de exercícios na terceira idade são a natação, a caminhada e o tênis. O mais importante é respeitar sempre os limites, além de evitar atividades de alto impacto e com intensidades máximas.

Então, respeite o seu corpo e aproveite a terceira idade com muitos exercícios!

Comments

comments

Share This